Alimentos para comer no pré-treino e aumentar os resultados

Como os carros de corrida precisa do combustível correto para dar o seu máximo em uma prova, você precisa alimentos ideias no seu pré-treino para ter o crescimento muscular no ápice.

Mas, infelizmente, diferente dos carros, humanos não possuem um único tipo de combustível universal para ser usado antes do treino.

Na verdade, precisamos de uma gama maior de “combustíveis”, que somente quando juntos irão fornecer os nutrientes que precisamos.

Em outras palavras, antes do treino, precisamos comer uma mistura correta de alimentos para obter o máximo de energia e força.

No caso de uma pessoa que busca uma dieta ou cresimento muscular, ela precisa especificamente de alimentos ricos em proteínas e carboidratos.

De forma simplificada, os alimentos ricos em carboidratos são responsáveis por entregar a maior parte da energia que iremos usar no treino.

A proteína terá um papel fundamental no anabolismo muscular antes, durante e depois da atividade física.

A combinação é essencial, pois os carboidratos, além de fornecerem energia, impedem que o corpo use a proteína para este papel caso seja ingerida sozinha.

Quanto as gorduras, elas também têm o seu lugar em atividades físicas, mas especialmente nas de longa duração.

Escolha um alimento de cada categoria e você terá uma ótima refeição pré-treino.

Alimentos para comer no pré-treino

Proteínas

1 – Claras de ovos

A gema é uma fonte gordura essencial para o seu corpo, mais não quer dizer que a clara não seja boa.

Na verdade, é na gema que se encontra a maioria dos nutrientes e ela também fornece proteína.

Algumas pessoas, quando ingerem muita gordura antes do treino, se sentem desanimados e estufadas, e não quero que você corra esse risco justamente antes de treinar.

2 – Peito de frango

Peito de frango é um dos alimentos para comer no pré-treino mais usados por fisiculturistas, e por um bom motivo.

Fornece grande quantidade de proteína, zero gordura e carboidratos.

Também é um dos alimentos ricos em proteína mais baratos (considerando quanta proteína ele fornece a cada 100g).

3 – Filé de tilápia

O filé de tilápia é extremamente rico em proteína completa e possui baixo índice de gordura.

A cada 100g de filé cru você encontra 20g de proteína e apenas 1,5g de gordura.

Tilápia (ao menos o filé) é um peixe que não tem cheiro ou gosto marcantes.

E entre o frango, ovos e outras carnes, o filé de tilápia é a mais fácil e rápida de preparar.

Portanto, ela pode ser uma substituta do frango, caso você não goste (ou se canse fácil) desse alimento.

4 – Patinho e coxão mole

Patinho e coxão mole, são respectivamente dois cortes magros de carne vermelha que fornecem pouca gordura e muita proteína por porção.

Novamente, não é porque estou sugerindo carnes com pouca gordura, que a gordura é ruim.

A questão é que quanto mais magro o corte de carne vermelha, mais proteína por porção você terá.

E neste momento, precisamos de alimentos para comer no pré-treino que forneçam o máximo de proteína, sem tanta gordura.

Carne vermelha também é uma das fontes naturais de creatina mais ricas que existe, o que pode trazer benefícios adicionais.

5 – Proteína em pó

Usar suplementos de proteína em pó como albumina, caseína e whey protein, é uma maneira eficiente de ingerir proteína antes do treino (se você não tem tempo para comer algo sólido).

Os suplementos jamais serão pilulas mágicas que produzirão resultados por si só.

Eles não passam de alimentos em pó que foram criados para facilitar a sua vida quando não é possível consumir alimentos sólidos.

E esta situação pode acontecer facilmente no seu dia a dia, dentro do seu escritório, na sala de aula.

Por fim, proteína em pó é um ótimo alimento para “comer” no pré-treino, caso você tenha uma vida ocupada.

Carboidratos

1 – Batata doce

Batata doce é uma das melhores fontes de carboidratos complexos.

Ajuda diminuir a carga glicêmica de uma refeição e fornece energia gradual para um treino pesado.

Também não fornece gorduras, mas fornece inúmeros nutrientes úteis para a saúde e que de forma direta ou indireta poderão, também, ajudar no crescimento muscular.

2 – Bananas

Bananas fornecem grandes quantidades de carboidratos que serão usados como energia natural no treino.

Além disso, não existe nada mais fácil e prático do que simplesmente descascar uma banana e comê-la, não é verdade 😀

É um alimento rico em potássio, um mineral que perdemos com facilidade através do suor.

Em suma, a banana é um alimento ideal para ser usado como fonte de energia antes do treino.

3 – Arroz

O arroz é um dos alimentos para comer no pré-treino mais básicos no meio fitness.

Fornece grande quantidade de carboidratos, é relativamente fácil de preparar e combina com um leque gigantesco de outros alimentos.

Serve o integral ou branco?

O arroz integral possui mais fibras e nutrientes que o branco, mas não existe um oceano de diferença entre eles.

Por exemplo: se você inserir algumas ervilhas junto do arroz branco, este prato quase ultrapassa a quantidade de fibras do arroz integral sozinho.

Portanto consuma o arroz que fica mais prático para o seu dia a dia e, caso seja necessário, insira outras fontes de fibras em conjunto.

4 – Aveia

A aveia é um cereal rico em carboidratos, fibras e que fornece uma boa dose de proteína. Eu sei que nem todo mundo gosta de cereal, mais se juntar com um Iogurte natural, vai ficar uma delícia. 

Ou se misturar com shakes proteicos, o que torna este alimento muito útil para ser usado no pré-treino.

5 – Pão integral

Pão integral fornece carboidratos que serão absorvidos lentamente pelo corpo.

Isto é ótimo para quem treina, pois gera um fornecimento constante de energia que durará o treino inteiro. 😉

Além disso, quem não gosta de comer sanduíches, não é verdade?

Isto torna o pão integral em um alimento versátil para comer no pré-treino.

Apenas tenha certeza de usar pão integral de verdade.

Sempre leia a lista de ingredientes do pão integral que está comprando e tenha certeza que a farinha de trigo integral é o primeiro da lista.

As empresas são obrigadas a informar quais são os ingredientes mais abundantes no produto em ordem decrescente.

Resumindo, se o pão “integral” não tem o trigo integral como primeiro na lista de ingredientes, com certeza ele não é realmente integral.

***********

Eu espero que tenha gostado. Perguntas bem-vindas nos comentários, abaixo.

Obrigado pela leitura.

Procure os outros guias de ajuste da dieta usando o menu no topo ou obtenha acesso ao meu livro completo sobre o tema de formas de ter o corpo desejável e com dois livros bônus,  aqui.